Buscar

Lei Mariana Ferrer é aprovada no Senado

O Projeto de Lei nº 5.096/2020, de autoria da deputada federal Lídice da Mata (PSB/BA), visa coibir a prática de atos atentatórios à dignidade da vítima e de testemunhas e estabelecer causa de aumento de pena no crime de coação no curso do processo.


A lei ganhou o nome de Mariana Ferrer, pois sua proposta foi inspirada no caso dessa mulher que ganhou grande repercussão, em especial após ela ter sofrido inúmeras humilhações durante a audiência com o homem que acusava de tê-la estuprado.


Segundo a proposta, passará a constar no Código de Processo Penal a obrigação do juiz de zelar pela integridade física, psíquica e pela dignidade da vítima de agressão sexual.


A Senadora Zenaide Maia (PROS-RN) disse que casos como o de Mariana Ferrer “provocam retrocesso, pois desestimulam outras vítimas a procurar o sistema judicial em busca de proteção”.


A proposta foi aprovada pelo Senado Federal e segue para sanção ou veto presidencial.


Fonte: Senado Federal


#direitopenal #penal #códigopenal #direitos #crime #estupro #marianaferrer #leimarianaferrer #cpp #advocacia #advogado


0 visualização0 comentário